Ensino de Bioquímca

O aumento do conhecimento nas diversas áreas das Ciências Biológicas, principalmente na Biologia Molecular, é uma realidade atuante e, que dia após dia, está imediatamente acessível a qualquer indivíduo. Os avanços tecnológicos, se puderem ser acompanhados, nos respondem a cada momento mais e mais dúvidas a respeito do intrincado caminho de descobertas da ciência. Hoje, é perfeitamente possível visualizar na tela de um microcomputador com aceso à internet, através de um filme colorido e animado, o fenômeno de metástase de um tumor, por exemplo.


Nos últimos 50 anos a grade curricular dos cursos de Medicina tem permanecido fundamentalmente inalterada. A manutenção dessa estrutura curricular, bem como a metodologia de ensino, e apenas uma forma de atingir os objetivos da formação do profissional médico. Numa visão simplista, os alunos, motivados por uma ansiedade natural, são envolvidos num ambiente onde as disciplinas do ciclo básico, distanciadas da realidade da prática médica, são uma moratória à espera do amadurecimento do aluno. Nesse contexto, as disciplinas básicas se desvinculam das do ciclo profissionalizante, de forma a interferir com as motivações dos alunos ingressantes e também dos professores do ciclo básico.

O crescimento científico e tecnológico mundial, que os países em desenvolvimento puderam acompanhar, foi gradativo, mas acelerado nas duas últimas décadas. Há cerca de 15 anos, o aluno que cursava a disciplina de Bioquímica, tinha acesso a informações esquematizadas, desenhadas da melhor maneira possível pelo professor, no quadro negro. E os alunos, a partir destes esquemas, se dispunham a abstrair e a imaginar da forma mais coerente possível o que lhes era exposto pelo professor. O papel do professor era repassar informações que lhes tinham sido conferidas da mesma maneira e, de forma a utilizar a melhor didática possível.

Hoje cm dia, embora com toda a tecnologia de informática e versatilidade de abordagem de diversos assuntos, em qualquer área do conhecimento, percebe-se um desinteresse pelas aulas; este nasce justamente da facilidade de acesso às informações: uma situação de contraste tão inusitada quanto à facilidade com que se instalou.

Em breve abriremos novas turmas para os cursos que abordam os temas das disciplinas básicas de uma forma totalmente diferencias. Faça a sua assinatura gratuita no site e receba com antecedência as notícias e descontos.

Atualmente, as disciplinas do ciclo básico, de cunho cientifico e estrutural, são o alicerce para a composição do entendimento do ser humano como um conjunto composto por um sistema biológico e uma estrutura psicológica e social. Os professores das disciplinas básicas se empenham cm adequar uma visão integrada de todas as disciplinas e em convencer os alunos de que os conteúdos de suas disciplinas terão certamente uma aplicação prática em algum momento da carreira acadêmica e profissional.


O texto acima é um recorte do artigo Bioquímica como Disciplina Básica em Medicina: Esquemas e Soluções de Problemas. Nele você poderá verificar as visões dos estudantes e dos professores sobre o tema. Boa leitura!


Curta, comente e compartilhe!




Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022005000300161&lang=en. Acessado em 21/09/2020

3 visualizações